Hepatite

Victrelis

  • PDF
tamanho:

Novo remédio, aprovado no dia 22 de Julho ainda não tem data definida para ser lançado


O remédio Victrelis é o grande esperado para salvar a vida de milhares de pessoas que tem o genótipo 1 da hepatite c, mas que não respondem ao tratamento atual.

O medicamento foi aprovado em tempo record pela Anvisa, mas ainda precisa de outros trãmites para ser comercializado. A expectativa é de pelo menos outros dois meses de espera.
Veja o texto abaixo, publicado no Correio Braziliense

Anvisa libera remédio contra a hepatite C
Autor(es): Júnia Gama
Correio Braziliense - 26/07/2011

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, ontem, a comercialização do primeiro antiviral direto para o tratamento da hepatite C no Brasil, o Boceprevir. O medicamento, conhecido internacionalmente como Victrelis, é produzido pelo laboratório americano MSD. Segundo a empresa, ele é capaz de aumentar em até três vezes as chances de obter a cura da doença em pacientes que nunca foram tratados e naqueles que não obtiveram sucesso com o tratamento atualmente disponível.

O remédio foi aprovado para a comercialização nos Estados Unidos em maio deste ano e, na Europa, na semana passada. O Boceprevir é uma terapia adicional, que deve ser administrado em terapia tripla, combinado com o Peginterferon e a Ribavirina, que são os medicamentos usados atualmente no tratamento da hepatite C no mundo. O gerente médico de virologia do laboratório, Felipe Rogato, afirma que, com a combinação, é possível aumentar as chances de cura dos atuais 40% para 63%.

A aprovação ocorre pouco antes da comemoração do Dia Mundial da Hepatite, na próxima quinta-feira, data oficializada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil, há cerca de 1,5 milhão de portadores da doença. Cerca de 10 mil pessoas são infectadas pelo vírus anualmente. Na quinta, será divulgado, pelo Ministério da Saúde, o Boletim Epidemiológico das Hepatites Virais 2011. O órgão adiantou que não houve grandes mudanças no número de pacientes com a doença em relação ao relatório passado.

Segundo o ministério, a expectativa é de que o novo medicamento seja incorporado ao Sistema Único de Saúde (SUS). Para isso, deverá passar por análises da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias do SUS, que tem um prazo de seis meses para avaliar a questão, após a entrada do produto no mercado. O valor de comercialização do medicamento ainda não foi definido. O laboratório prevê um prazo de cerca de três meses até que a Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos chegue ao preço final. Somente após
esse prazo, o Boceprevir deve passar a circular no mercado brasileiro. 

Add this page to your favorite Social Bookmarking websites
 

Comentários  

 
+4 #4 20/09/2011 16:58
que noticia ótima já fiz os outros tratamentos e não obtive esito quem sabe se esse novo medicamento resolverá para nós portadores da doença, gostaria de saber mais a respeito deste medicamento, reações entre outros, pq com os que ja utilizei as reações foram terriveis, mas o que importa mesmo é a cura.
Citação
 
 
+5 #3 01/08/2011 20:09
muito bom, estou muito feliz com essa noticia, que maravilha para todos que precisam desse medicamento para sobreviver.
Citação
 
 
+5 #2 01/08/2011 20:04
que noticia otima! estou muito feliz por nos todos!
Citação
 
 
+5 #1 31/07/2011 23:20
Adorei em saber sobre esse novo tratamento para hepatite, pois eu tbm tenho a doença com genótipo 1. Gostaria de ficar informada sobre tudo sobre a liberação do tratamento.
Citação
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar